quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

50º

Quando o calor passar,
e o frio chegar...
no meu cobertor
eu vou me enrolar.

Pegarei meu cachecol
meu casaco preto
meu par de botas
esquecidos...

Quando o calor passar
e o frio chegar
quando será?

Meus chás com bolachinhas
minhas sopas quentes à noite
nem lembro mais como é...

Mas quando o calor passar
e o frio chegar
vou ter o prazer de tomar
apenas um banho...
... e olhe lá...

by Elaine Teobaldo

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

HOMENAGEM AO VÔ TIDI




ELE CULTIVOU UMA ÁRVORE E ESTA ÁRVORE FICOU MUITO GRANDE, FEZ UM BALANÇO NA ÁRVORE, PARA SEUS NETOS E PARA MINHAS FILHAS.
 ELAS CHEGAVAM LÁ E BRIGAVAM DISPUTANDO A VEZ NO BALANÇO, ELE NÃO SE IMPORTAVA DE BALANÇÁ-LAS E DAR RISADA COM ELAS.
 DAR RISADAS... ELE ESTAVA SEMPRE SORRINDO. QUANDO CHEGAVA NA IGREJA E CUMPRIMENTAVA CADA IRMÃO, SEU SORRISO ERA SEMPRE ESBOÇADO COM ESPONTANEIDADE, ASSIM ELE ERA!
AH, VOLTANDO A ÁRVORE, ELA ESTAVA LÁ PARA QUEM QUISESSE.
 QUANDO MORAMOS PERTO DE SUA CASA, NOS DIAS QUENTES EU SENTAVA À SUA SOMBRA, SUA CASA NÃO TINHA PORTÃO, NEM MUROS, ENTRAVA QUEM QUISESSE NA HORA QUE QUISESSE!
 ASSIM ERA SUA VIDA TAMBÉM, SEM PORTÃO, SEM MUROS! POR ISTO MUITA GENTE ENTROU E ELE FEZ GRANDES AMIZADES, CULTIVOU ÓTIMOS RELACIONAMENTOS. 
E UMA VEZ QUE ENTROU NA SUA VIDA, DIFÍCIL ERA SAIR, ACHO QUE NINGUÉM SAIU, POR ISSO A LINDA HOMENAGEM NO SEU VELÓRIO COM TODA AQUELA MULTIDÃO!
ELE NOS AMAVA COMO SEUS FILHOS, QUANDO TINHA FESTA EM SUA CASA ERA PARA OS FILHOS E PARA NÓS!
 GOSTAVA DE GUARDAR ANTIGUIDADES E NOS 15 ANOS DE MINHA FILHA REPARTIU COM ELA UMAS RELÍQUIAS, ELA ADOROU! FEZ UM LINDO QUADRO QUE ESTÁ NO SEU QUARTO, UMA BELA LEMBRANÇA!
VIVIA COM SIMPLICIDADE, MAS FOI UM GRANDE HERÓI, INSPIROU SEUS FILHOS A AMAR AS PESSOAS MAIS DO QUE AS COISAS, POR ISSO SEUS FILHOS (E NETOS) SE TORNARAM PASTORES, CUIDADORES DE GENTE!
SENTAVA LOGO ATRÁS DE MIM EM TODOS OS CULTOS! COMO VOU SENTIR FALTA DISTO!
MAS ELE COMBATEU O BOM COMBATE, COMPLETOU A CARREIRA E GUARDOU A FÉ.
ESTÁ NA GLÓRIA DO PAI, E UM DIA NOS REENCONTRAREMOS...
TALVEZ LÁ TENHA UMA ÁRVORE COM UM BALANÇO... ENTÃO VAMOS DAR MUITAS RISADAS! 

Um abraço
Prª Elaine Teobaldo








domingo, 5 de janeiro de 2014

Minha filha, nossa escritora

ARACATI – ESTIVE LÁ APENAS UMA VEZ… E JAMAIS ESQUECI.

Era novembro de 2008. Meus avós estavam completando 50 anos de casados e nós saímos do Rio Grande do Sul e fomos até Fortaleza, no Ceará para comemorar com eles. Já haviam se passado sete anos desde a última vez que eu tinha visto a família do meu pai.
Há 142 km da capital cearense fica a cidade de Aracati, sertão do Ceará, às margens da Lagoa de Santa Teresa. Meu avô, seu Josias Teobaldo, fez um pedido especial naquelas bodas de ouro: queria que toda família, filhos, netos, genros e noras fossem conhecer o sertão onde ele nasceu, e assim aconteceu.
Fazia muito calor naquele dia; não tenho certeza, mas acho que era um sábado. Acordamos antes do sol nascer e pegamos a estrada rumo a Aracati. Depois de mais de duas horas de viagem, comecei a avistar aquele chão batido, casas de barro, algumas árvores sem folhas e jegues pelas ruas, muitos jegues. Estávamos no interior do interior do Ceará.
Shallom_AracatiChegamos então ao lugar onde passaríamos o dia: uma pequenapousada no meio daquela terra vermelha. Fomos tomar café e, como é de costume dos nordestinos, pelo menos dos membros da minha família, a mesa era farta, muitas frutas, sucos, cuscuz e claro, a tradicional tapioca.
O mais incrível era que, quando eu olhava para um lado, enxergava um lugar seco e sem vida; quando olhava para o outro, a paisagem era estonteante, a Lagoa de Santa Teresa é enorme e aquele calor convidava para um banho. Eu e meus primos, como boas crianças que éramos, fomos logo para dentro d’água, jogamos bola, rimos, nos divertimos e, por fim, o cansaço me venceu. Deitei na rede e no fim do dia, quando acordei, o mais bonito de se ver era o sorriso no rosto do meu avô, por nos ver todos juntos, por voltar as suas raízes, por estarmos ali vivendo junto com ele aquele momento.
Não sei se um dia voltarei a visitar o Aracati, mas nunca me esquecerei do que eu vi lá: alguns rostos enrugados sentados em suas cadeiras na frente de casas de barro sem nenhuma ventilação, crianças brincando com os jegues sem chinelos nos pés e sorrisos, lindos sorrisos. Além das pessoas, a natureza sorriu pra nós naquele dia.
Em outubro desse ano meu avô completou 80 anos. Eu não pude estar lá para abraçá-lo, afinal, mais de 4.100 km nos separam, mas não diminuem nosso amor. Esta lembrança é para ele. Para dizer que eu o amo.

História compartilhada pela Storyteller Shállon Teobaldo.

Storyteller_ShallonShállon Hadassa do Nascimento Teobaldo, 19 anos, nasceu em Porto Alegre mas já se mudou mais de doze vezes, uma vida meio nômade, com isso aprendeu a gostar de conhecer novos lugares e viajar Brasil a fora. Estudante de jornalismo no UniRitter, apaixonada pela profissão, amante dos animais, dançarina e musicista desde criança, fascinada pelo universo literário, curiosa nata, mas, acima de tudo apaixonada por Deus, pela família, as pessoas e suas histórias.
__________________________________________________________________________________________________________
Faça como a Shállon, envie a sua história para nós!

GRATIDÃO - by Elaine

NORMALMENTE CHEGA NESTA ÉPOCA E SÓ PENSAMOS NO ANO QUE VEM, COMO SE O ANO QUE ESTÁ CHEGANDO TROUXESSE UM PODER MÁGICO ONDE TODOS OS NOSSOS SONHOS SE TORNARÃO REALIDADE. COSTUMAMOS DESEJAR TANTAS COISAS PARA AS PESSOAS QUE AMAMOS E RECEBEMOS TANTAS PALAVRAS DAS PESSOAS NOS DESEJANDO COISAS BOAS. E NOS ESQUECEMOS QUE O ANO QUE ESTÁ FINDANDO UM DIA FOI "ANO QUE VEM" E NA EUFORIA DO CLIMA NÃO LEMBRAMOS DE SER GRATOS POR TANTAS COISAS BOAS QUE ACONTECERAM. 
EU QUIS ESCREVER PORQUE EU SOU GRATA.

SOU GRATA À DEUS PAI POR TER ENVIADO JESUS QUE ME SALVOU, ME LIBERTOU E ME DEU O PRIVILÉGIO DE FAZER PARTE DO SEU REINO.
SOU GRATA AO DOCE ESPÍRITO SANTO QUE SE MOVE NA TERRA, NOS CONSOLANDO, CONFORTANDO, ENSINANDO E CORRIGINDO.
SOU GRATA À IGREJA DO SENHOR JESUS QUE ME PERMITE TER IRMÃOS, IRMÃS, PAIS, MÂES E TANTOS OUTROS PARENTESCOS COMO UMA VERDADEIRA FAMÍLIA. (E NESTE MOMENTO LEMBRO QUANDO DEIXEI MINHA FAMÍLIA DE SANGUE PARA OBEDECER O CHAMADO DE DEUS E AS PALAVRAS DE JESUS EM MARCOS 10.29,30).
SOU GRATA PORQUE DEUS ME PERMITIU OUVIR SUA VOZ NOVAMENTE, QUANDO AS CIRCUNSTÂNCIAS ESMAGADORAS HAVIAM ROUBADO A ESPERANÇA, OS SONHOS, E QUANDO FUI À SANTA MARIA NO INÍCIO DO ANO, DEUS FALOU COMIGO.
SOU GRATA PORQUE QUANDO COISAS ESTRANHAS COMEÇARAM A ACONTECER NA IGREJA, COISAS QUE PARECIAM TRAGÉDIAS, FRACASSOS AOS OLHOS HUMANOS, O MEU CORAÇÃO SE ALEGRAVA, VIA O SENHOR RESPONDENDO MINHAS ORAÇÕES E VIA CLARAMENTE O ESPÍRITO SANTO TRABALHANDO EM CADA SITUAÇÃO.
SOU GRATA POR PESSOAS QUE NOS ABENÇOARAM, SÃO TANTAS, POR ISSO NÃO MENCIONAREI NOMES.
SOU GRATA POR UM PASTOR AMIGO NOSSO TER VIAJADO MUITOS QUILÔMETROS PARA ESTAR CONOSCO, E NO MEIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, POEIRA E CIMENTO, ELE PREFERIU DORMIR NO CHÃO DA SALA, À IR PARA UM LUGAR CONFORTÁVEL, SÓ PARA FICAR CONOSCO NOS CONFORTANDO NAQUELES MOMENTOS TÃO DIFÍCEIS.
SOU GRATA PELAS PESSOAS QUE VIERAM SOCORRER MINHA FILHA QUANDO VIAJEI PARA CURITIBA.
SOU GRATA PORQUE O DIABO TENTOU TIRAR A VIDA DE MINHAS DUAS FILHAS MAIS VELHAS E DEUS USOU PESSOAS PARA SOCORRÊ-LAS . SOU GRATA À ESTAS PESSOAS QUE FORAM SENSÍVEIS AO ESPÍRITO SANTO.
SOU GRATA POR TER CONHECIDO A IGREJA SHALON DE CURITIBA ONDE EU ENCONTREI A "BANANEIRA"(ESTAREI DISCORRENDO SOBRE ISTO NO MEU BLOG: www.minhalmanseiaporti.blogspot.com) E NA PRIMEIRA VEZ QUE FUI EU ESTAVA TÃO QUEBRADA NAS MINHAS EMOÇÕES QUE PEDI PRA DEUS PARA O AVIÃO CAIR E ME MATAR, MAS AO INVÉS DISTO, ELE ME LEVA PARA UM LUGAR E ME BANHA, OU MELHOR, ME ENXARCA COM SEU AMOR.
SOU GRATA PORQUE DEPOIS FUI NOVAMENTE À CURITIBA, DESTA VEZ NÃO MAIS QUERENDO MORRER, MAS ORANDO PARA O AVIÃO NÃO CAIR. FUI PARA APRENDER COMO AMAR AS PESSOAS QUE ESTÃO TÃO PERDIDAS PRECISANDO DESTE AMOR DE DEUS.
SOU GRATA PELA IGREJA QUE PASTOREAMOS, TANTAS PESSOAS ESPECIAIS, SOU GRATA ÀQUELAS QUE FICARAM DO NOSSO LADO, SUSTENTANDO ESTA OBRA E NOS ABENÇOANDO MESMO QUANDO NÓS ERRAMOS.
SOU GRATA POR TER CONHECIDO UM CASAL TÃO ESPECIAL QUE NOS APRESENTOU AO MDA E DEPOIS SE TORNOU NOSSOS DISCIPULADORES.
SOU MUITO GRATA PORQUE NESTE ANO ENTRAMOS NA VISÃO DE IGREJAS EM CÉLULAS, DEIXANDO DE SER UMA IGREJA DE PROGRAMAS PARA SER UMA IGREJA QUE VAI AO ENCONTRO DE OUTRAS PESSOAS.
SOU GRATA PORQUE MEU SONHO PARA TOM JOBIM FOI ATIVADO E DEUS ESTÁ LEVANTANDO PESSOAS MUITO COMPROMETIDAS PARA REALIZAR.
SOU GRATA PELA MINHA MÃE, POR TER FICADO COM MINHAS FILHAS UMA SEMANA INTEIRA QUANDO ESTAVA EM CURITIBA.
SOU GRATA PELO QUE DEUS TRABALHOU EM NÓS. PELO QUE DEUS TRABALHOU NA MINHA VIDA, NO MEU INTERIOR. DEUS É DEMAIS! TÃO POUCO TEMPO FEZ TANTAS COISAS! ALELUIA!
SOU GRATA PORQUE NESTE ANO CONSEGUIMOS O CONSTRUCARD E AUMENTAMOS NOSSA CASA, A CANDACE GANHOU UM QUARTO E A CÉLULA UM GRANDE ESPAÇO!
SOU GRATA PORQUE AS COISAS QUE PARECEM FRACASSOS (COMO POR EX. A VENDA DO CARRO) DEUS TRANSFORMOU EM BÊNÇÃOS! ESTOU CAMINHANDO MAIS, PEGANDO MAIS SOL, PERDENDO PESO E O JOAQUIM PAROU PARA FAZER ALGO QUE EU SEI QUE DEUS O CAPACITOU PARA FAZER: ESCREVER LIVROS. O PRIMEIRO ESTÁ QUASE CONCLUÍDO, E VAI SER UMA BÊNÇÃO, DEUS TEM DADO À ELE REVELAÇÃO. E QUEM O CONHECE SABE O POTENCIAL DELE E COM CERTEZA SERÁ UM LIVRO QUE TODOS VÃO QUERER LER, SENÃO PELO CONTEÚDO, PELO MENOS POR UMA COISA: CURIOSIDADE, RSRSRS.
SOU GRATA POR ÀQUELAS PESSOAS QUE ORARAM (ORAÇÕES FEITICEIRAS) PARA NÓS SAIR DA IGREJA E PROFERIRAM QUE A IGREJA IA FECHAR, A ESTAS EU DIGO: MUITO OBRIGADO. VOCÊS NOS PROMOVERAM!
SOU GRATA PORQUE VI NESTE ANO MINHA FILHA SE LEVANTAR E IR PARA ESCOLA, FAZER OS TRABALHOS E PASSAR DE ANO.
SOU GRATA PORQUE NO MÊS DE AGOSTO INICIAMOS NOSSAS CÉLULAS E ESTAMOS ACABANDO O ANO JÁ COM SEIS CÉLULAS E MAIS DE 40 PESSOAS NOVAS FREQUENTANDO.
SOU GRATA PORQUE MINHA FAMÍLIA ESTÁ UNIDA, ESTAMOS TODOS JUNTOS, FELIZES COM O QUE DEUS ESTÁ FAZENDO... PORQUE A HISTÓRIA DAS MINHAS FILHAS AINDA NÃO TERMINOU... E NEM A NOSSA.
ISTO É SÓ O COMEÇO!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

QUANTO VALE UMA VELA?

Vela de Aniversário Rosa n 4Segunda-feira fomos na Tom Jobim comemorar o aniversário de uma menina. 4 anos. Eu preparei brigadeiros com bastante granulados e um presentinho, um baldinho com bombons e balas e uns livrinhos com desenhos para colorir, lápis de cor e giz de cêra. A Marta levou uma linda boneca, numa grande caixa! Com babador, mamadeirinha, pratinhos e chuquinhas. Marta também levou o bolo e refrigerantes. Quando ela estava comprando o bolo ela viu uma vela cor-de-rosa. Perguntou o preço. Achou caro para algo tão insignificante, pequeno e supérfluo. Mas o Espírito Santo soprou o ânimo e ela decidiu comprar também a vela. Que bom que a Marta é uma pessoa sensível ao Espírito Santo!
Quando chegamos e fomos entregando todas aquelas coisas, foi algo muito lindo! Nossa menina ficava feliz com cada presente, até mesmo com os lápis de cor e giz de cêra que quebrou tudo na hora! A boneca ela amou! Qualquer criança gostaria daquela boneca, porque era muito linda! Mas de repente, nossa menina começou a demonstrar uma alegria incomum, exuberante! Ela expressava uma felicidade tão grande segurando a vela de número 4!
Aquilo me chamou atenção e eu perguntei: Ela está tão feliz assim por causa da vela? A vó respondeu que sim, que o desejo dela era ter uma velinha no bolo e assoprá-la. Mas até aí eu não sabia que fora a Marta que levou a vela, eu achei que a vó tivesse comprado. Perguntei a Marta e ela confirmou que tinha levado e depois me contou a história de como comprou a vela.
Quanto vale uma vela? Nada! Nadica de nada! Se vocês vissem a alegria daquela criança! Aquela expressão de felicidade e aqueles olhos brilhando! Isto tudo não tem preço!
Ore por nós e pelo nosso ministério lá na Tom. Precisamos de um local para reunir as crianças. Preciso de um carro para facilitar minha ida até lá e de voluntários que se juntem à nós para levarmos alegria e esperança para aquelas crianças.

Um abraço

Prª Elaine Teobaldo



sexta-feira, 13 de setembro de 2013

ESPERAR É PRECISO

  • Esperar é preciso!‏

Para: Elaine Fernandes do Nascimento Teobaldo
Deus tem um plano, um propósito para nossa vida. Deus tem um tempo para que esse plano tenha início, e ele estará conosco durante toda a caminhada. 
Paulo teve um encontro com Deus, mas teve de esperar e ser equipado corretamente para o dar início ao plano de Deus para ele. Jesus veio para um propósito, mas ele precisou esperar até a idade adulta para que esse plano divino começasse de forma mais efetiva. 
Enquanto o plano divino não era efetivamente colocado em prática, ouve um tempo de espera para Paulo e para Jesus. No caso de Jesus, ele esteve trabalhando na marcenaria de seu pai terreno, algo que, aparentemente, não era "espiritual" e estava desvinculado do propósito divino. Mas tanto Jesus quanto Paulo foram fiéis neste tempo de espera. Assim, ambos cumpriram tudo o que vieram fazer. Ambos receberam a aprovação de Deus e foram bem-sucedidos em sua missão.
Será que vc está vivendo um "tempo de marcenaria" para iniciar o plano que Deus tem para sua vida? Aquele tempo "enquanto as coisas de fato não acontecem efetivamente"? Um tempo de espera? Fique atento! Permaneça fiel em tudo. Aguarde confiante no Senhor, pois os que nele esperam e nele confiam não serão decepcionados. 
Deixe Deus fazer em vc tudo o que ele tem a fazer (ele está fazendo vc "ser") neste "tempo de espera" e aparente insignificância, pois, se vc permanecer fiel, é possível que ele esteja preparando vc para algo especial que ele planejou para vc realizar ("fazer") para a glória dele e para sua realização pessoal. Afinal, fomos feitos para agradar a Deus, e só seremos plenamente realizados se vivermos para cumprir o propósito dele para nossa vida. (Lembrando, hoje pela manhã, o ministério de Jesus e o ministério de Paulo após sua conversão).

Uma contribuiçao da minha amiga Nilda Nunes

Um abraço
Prª Elaine Teobaldo

domingo, 28 de julho de 2013

O CHAMADO ME CHAMA

"Eu não estou conseguindo mais resistir ao chamado. Quero ir para uma missão. Não sei o que eu faço, se termino a faculdade ou paro, mas eu não queria deixar a faculdade porque não gosto de começar uma coisa e não terminar..."

Palavras da minha filha nesta semana. Fiquei emocionada. Sempre soube que ela tem um chamado específico de Deus para uma obra especial. Todos temos um chamado. Mas há aqueles escolhidos desde o ventre para algo específico. E minha filha é um destes.

Ela sempre foi muito responsável em tudo o que faz, e aprendeu o princípio de começar algo e terminar. Mas nem sempre isto é uma regra. Lembrei do Pr. Ariel da Betânia que falou em sua pregação que abandonou tudo aqui no sul, inclusive a faculdade para obedecer ao chamado de Deus. (50 anos de Betânia no Brasil).

Falei com ela que estaremos orando e Deus vai orientá-la o que deve fazer e realmente estamos orando. E aquilo que Deus orientar, nós vamos apoiar. Então de súbito me veio aquela dor de que agora está mais perto do que longe e falei:

- Ai, minha neguinha, e tu vai ter coragem de deixar tua querida mãezinha?

A resposta veio simples e imediata:

 - O que é que tem? Tu também deixou a tua...

Sem mais palavras.

Um abraço
Prª Elaine Teobaldo